30 de mai de 2011

Decotes a seu favor


Canoa

Sinônimo de elegância, ele faz os ombros parecerem maiores e é recomendado para mulheres de seios pequenos e quadris largos, que queiram equilibrar a silhueta. Por outro lado, "decotes redondos, não muito profundos, disfarçam o excesso de busto". Combinado com mangas, o corte deixa o visual despojado para festas informais. Colares compridos são o complemento perfeito, pois alongam o visual.








Quadrado


Por valorizar a região do colo e pescoço e ainda oferecer bastante sustentação, o modelo é indicado a quem tem seios grandes. Um truque para mulheres que têm busto pequeno é usar alças trabalhadas, com detalhes bordados ou babados.


Tomara que caia

Muitas mulheres podem investir no tomara que caia, o segredo está no tecido. Panos soltinhos e leves favorecem quem tem pouco busto, já que não marcam. "Quem tem seios médios pode optar por tecidos mais grossos que oferecem mais estabilidade. Para as mulheres de muito seio, existem até versões com suporte especial nas laterais". O modelo com alcinhas centrais que amarram no pescoço também dá mais segurança e é democrático: o detalhe suaviza a linha dos ombros, tornando-o adequado até para quem tem costas largas.

               

Efeito X

Um detalhe como o decote em X é capaz de transformar o colo de uma mulher no centro das atenções de toda a produção. Além de garantirem um acabamento elegante, faixas cruzadas propiciam mais segurança para seios fartos que o decote tomara que caia. Mas como o efeito é ousado, evite se seu sutiã for tamanho GG e abra mão de acessórios chamativos ou outros atrevimentos no resto da produção.


Em gota
Bem ousado, ele é um parceiro clássico do vestido longo. O detalhe, um vão que pode ser mais ou menos aberto, exige curvas em forma e seios na medida para não escapar.





Coração

O mais romântico dos decotes é cortado em duas curvas que lembram a parte de cima de um coração. É conhecido também por meia-taça, podendo ser com ou sem alças. O formato côncavo costuma chamar um pouco mais de atenção que o quadrado. Então, caso tenha seios grandes, observe-se bem em frente ao espelho para se sentir segura.


Decote em V

O corte é certeiro para alongar tronco e pescoço, já que aumenta a distância entre colo e queixo. Democrático, pois valoriza qualquer tipo de seio, ele também desvia a atenção dos ombros e quadris largos. O cuidado deve ficar apenas para a hora de escolher a profundidade adequada a cada idade e ocasião. Se você tem seios fartos, tente não colocá-los numa armadilha: "uma dica é usar uma blusa de decote quadrado por baixo, criando uma linha reta que dá mais segurança". Nos vestidos, o recorte geométrico favorece as mulheres de corpo em forma de triângulo invertido. 


Um ombro só

Fica perfeito em mulheres com seios pequenos ou médios. As de ombros largos também podem investir nesse decote, que cria linhas diagonais e deixa a silhueta esbelta. Quem tem seios volumosos deve evitá-lo, pois ele não garante uma boa sustentação. Para ajudar, você pode optar por um sutiã tomara que caia ou usar alças adaptáveis, desde que prenda os dois lados para que fique simétrico.





Nenhum comentário:

Postar um comentário