8 de fev de 2012

DIRETO DE PARIS

TRASPARÊNCIAS E MUITO LUXO FORAM O DESTAQUE DAS COLEÇÕES FRANCESAS EM SEUS DESFILES.

DIOR

A coleção mostrou transparências de seda sobre silhuetas de cinturas ajustadas. A musselina, o tule e a organza apareceram em todas as suas formas. Os vestidos eram bem femininos. Muito volume, transparências e até o couro apareceu. Os cortes e costuras muitas vezes surgiram rebordadas. O preto, mais uma vez, predomina ora sozinho, ora com a cor branca dando um aspecto acinzentado ao look, ora com a cor berinjela, o vermelho vivo, umas das preferências da marca e o bege, muitas vezes misturado ao rosa.



VERSACE
Modelos com vestidos longos, sensuais e marcantes nos tons de tangerina, amarelo-limão e verde-maçã. Os comprimentos iam do curto ao longo, com corselet sobreposto. A ideia era reforçar a figura feminina dando poder à mulher através das roupas.




CHANEL
A cor azul predominou em mais de 100 tons, que iam do azul-céu ao marinho. A nova rama do tweed ganhou um bordado com miríades, (quantidade indeterminada, mais de mil) de lantejoulas transparentes. Saias curtas, na altura dos joelhos, jaquetas com bolsos aparentes, golas valorizando o pescoço reforçaram a coleção, (bem anos 20).











Nenhum comentário:

Postar um comentário