3 de set de 2012

ANDROGINIA


DELE PARA ELA / DELA PARA ELE
 
 
A palavra, “andrógino” vem da aglutinação de duas palavras gregas: andros (masculino) e gimnos (feminino). Logo, conclui-se que o estilo andrógino designa uma mistura dessas duas características em um mesmo visual. Há mais ou menos um ano e meio que a moda se viu obcecada pelo estilo andrógino cultivando um diálogo e uma transição entre moda feminina e masculina, cada vez mais presente em criações de looks modernos com a mistura das tendências, bastando para isso combinar peças e acessórios certos. Esta lista é ampla, mas vejamos alguns exemplos.

 
Smoking: Traje de alfaiataria, originário do guarda-roupa masculino, ganhou formas mais delicadas, adaptadas ao corpo feminino.

 
Terninhos: Deixaram de ser exclusividade do universo masculino. Mas é preciso alguns cuidados, o corte para elas é diferenciado e acompanha o vai e vem da moda.

 
Blazer: Uma peça originalmente masculina que caiu nas graças das mulheres a um bom tempo, criando certa masculinização feminina.


Chapéu: O chapéu é um grande acessório que pode mudar completamente o visual de uma pessoa completando um look. Seja com abas grandes ou menores, comuns ou lembrando até uma boina, vale a pena arriscar usar o acessório.

 
Dip Dye: Estampa com nuances de cores em degradê é uma forte tendência da moda. Bem moderna e casual tanto para eles ou elas.

 

Sapatos: O sapato Oxford, encontrado no guarda-roupa masculino, ganhou versões especiais e acabou se tornando ícone de desejo para algumas mulheres.
 
 
Gravata: A gravata é uma peça essencial para o uso masculino e que ganhou espaço e estilo mais despojado no look das mulheres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário